Aniversário de Renato Canini

E mais um grande e saudoso Mestre Disney estaria aniversariando hoje. Renato Vinicius Canini, ou somente, como é mais conhecido, Canini, completaria hoje 82 anos se não tivesse nos deixado em 2013. 

Resultado de imagem para Renato Canini

Nascido em Paraí, na serra Gaúcha, em 22 de fevereiro de 1936, Canini tem diversos trabalhos espalhados em publicações dos anos 70 (O Pasquim, Pancada e na mítica Crás), mas notabilizou-se com seu trabalho no mais brasileiro dos personagens Disney, o Zé Carioca.

Sua arte sempre foi bem destoante do padrão Disney, o que, certamente, causou-lhe alguma dificuldade inicialmente. Mas logo suas histórias ganharam o gosto dos leitores e proliferaram nas edições do papagaio ao longo dos anos 70. Eu mesmo torcia um pouco a cara para o desenho nas histórias dele no início, mas aos poucos me acostumei. Considero-o o Bill Sienkiewicz brasileiro...

São creditadas 232 histórias, quase todas com o papagaio a frente. Tivemos, em 2005, uma edição de Mestres Disney dedicada a ele, com direito até a história inédita. Mais recentemente, em 2015 o especial capa dura, Um Brasileiro Chamado Zé Carioca, também trouxe um apanhado da obra do autor. 

HR  HR

Ainda cabe uma segunda edição para trazer o resto do material, certamente, mas é um bom apanhado do trabalho desse grande mestre e de sua contribuição para esse mundo maravilhoso das histórias Disney.

Imagem relacionada

Fica aqui a nossa homenagem... 

Três vivas para o Mestre...
Parabéns e obrigado por tudo... 


Não vou me estender aqui sobre a obra dele e sua carreira, mas se quiserem conhecer um pouco mais...

Wikipédia - Renato Vinicius Canini
Site dos Esquilos - Mestre Canini
Adeus ao Mestre - Blog dos Esquilos

1 comentários:

Leitor Degibi said...

Em um dos vídeos dele constantes no post de Adeus ao Mestre (outros dois estão off), em sua participação no FIQ, podemos observar a humildade deste saudoso artista. Artista que foi despedido da Abril/Disney por não se adequar ao "padrão" imposto pela Disney/USA, e que por ironia do destino foi homenageado com um volume de Mestres Disney, uma coleção incrível e que infelizmente não fez sucesso por ter sido lançada em uma época não muito adequada. Mas na história inédita desta edição ele arrebentou. Sua declaração no FIQ é hilária:"até hoje não entendi o roteiro, mas fiz o que sempre quiz fazer."
Descanse em paz. E obrigado por tudo!

Post a Comment